OUÇA 105,9 AO VIVO
 

Notícias

  • Doze pessoas estão em tratamento da COVID-19 - 05/10/2020


    A Secretaria Municipal da Saúde informou ontem que 12 pessoas estão em tratamento da COVID-19 em Colina, sendo que todas estão em tratamento domiciliar. Casos suspeitos somam 58, sendo que 51 estão em isolamento domiciliar, quatro na enfermaria de Colina, um no hospital regional de Bebedouro e 2 na UTI em Barretos.

    Desde o começo da pandemia Colina tem 313 casos positivos, com 12 óbitos.

    A taxa de ocupação dos leitos de UTI na região está em 61,2%.

     

  • Doria assina contrato para 46 milhões de doses da vacina chinesa e diz que médicos serão vacinados neste ano - 01/10/2020


    O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), assinou nesta quarta-feira (30) um contrato com o laboratório chinês Sinovac para o recebimento de 46 milhões de doses da vacina Coronavac, desenvolvida pela empresa em parceria com o Instituto Butantan. O anúncio da parceria para a produção de uma vacina contra o coronavírus foi feito há mais de três meses, em 11 de junho.

    O acordo foi assinado por Doria e Weining Meng, diretor do laboratório Sinovac, durante coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes. No mesmo evento, o governador anunciou que a vacinação de profissionais de saúde deve ter início em 15 de dezembro.

    "O início da vacinação, previsto até aqui para começar no dia 15 de dezembro, em São Paulo, com os profissionais de saúde: médicos, enfermeiros, paramédicos, aqueles que atuam em hospitais públicos e privados e em todas as unidades de saúde, unidades públicas, municipais, estaduais e do governo do estado de São Paulo", disse Doria.

    A vacina Coronavac ainda está em testes entre profissionais de saúde brasileiros. Até agora, 7 mil voluntários já participaram da pesquisa, segundo o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas. A meta é envolver 13 mil pessoas na pesquisa.

    Em relação ao valor pago pelo estado de SP para a Sinovac, Doria disse que o contrato assinado é de 90 milhões de dólares. Até dezembro, a farmacêutica vai enviar 6 milhões de doses da vacina já prontas, enquanto outras 40 milhões serão envasadas em São Paulo, segundo o governo.

    No entanto, o governador não esclareceu se esse valor é relativo apenas à compra das 46 milhões de doses que devem chegar em 2020, ou se também inclui doses que devem ser entregues apenas em 2021. Doria também não afirmou se o valor de 90 milhões de dólares se soma aos R$ 85 milhões que, em junho, o governo estadual declarou que havia pago pelo acordo.

    Durante o evento de assinatura do acordo, Meng disse que o objetivo é trazer vacina suficiente para todo o país.

    "Trabalhando em conjunto com o Butantan, nossa meta é simples: nós vamos trazer vacina suficiente para o Brasil. O mais importante, nós também vamos trazer vacina acessível para cá, para beneficiar todo mundo nesse país contra a pandemia da Covid-19. Nós realmente esperamos que no futuro com nossa vacina e com outras grandes contribuições possamos fazer com que as pessoas voltem à vida normal", disse Meng.

    Um estudo apresentado pelo governo de São Paulo mostrou que a Coronavac não deu efeito colateral em 94,7% dos voluntários testados na China.

     

  • Empresa abre 1 mil vagas para operadores de contact center e faz feirão 'drive-thru' em Barretos, SP - 01/10/2020


    A Vikstar, empresa de contact center e terceirização de processos de negócios, está com 1 mil vagas abertas para operadores em Barretos (SP).

    Além das inscrições pelo site da companhia, os interessados podem entregar currículos e tirar dúvidas em um feirão de empregos "drive-thru" nesta quinta-feira (1º) no estacionamento do ginásio de esportes João Baptista da Rocha, o Rochão, das 9h às 17h.

    O processo seletivo é voltado a pessoas com mais de 18 anos e com ensino médio completo. Há vagas para pessoas com deficiência e não é necessário ter experiência.

    Os contratados atuarão em sistema home office com vendas e atendimento ao cliente. Além de salário estabelecido de acordo com o piso da categoria, os contratados receberão benefícios, um adicional variável e treinamento remoto.

    As etapas finais da seleção serão presenciais e seguirão os protocolos de prevenção contra a Covid-19. A previsão é de que as funções sejam preenchidas até o primeiro trimestre de 2021.

     

  • 24 pessoas estão em tratamento da COVID-19 - 01/10/2020


    Segundo a Secretaria Municipal da Saúde de Colina 24 pessoas estão em tratamento da COVID-19 na cidade. Vinte três delas estão em tratamento domiciliar e uma na enfermaria da cidade.

    Casos suspeitos são 52, sendo que 45 estão em isolamento domiciliar, um no Hospital Regional de Bebedouro, um na enfermaria de Colina e três na UTI em Barretos.

    Desde o começo da pandemia Colina tem 311 casos confirmados de COVID, sendo 12 mortes.