OUÇA 105,9 AO VIVO
 

Notícias

  • Dezoito pessoas estão em tratamento da COVID-19 - 09/10/2020


    No boletim informativo diário divulgado ontem pela Secretaria Municipal da Saúde, consta que 18 pessoas estão em tratamento da COVID-19 em Colina, das quais dezesseis estão em tratamento domiciliar, um na enfermaria de Colina e na UTI em Barretos.

    Casos suspeitos somam 27, sendo que 21 estão em isolamento domiciliar, três na enfermaria de Colina, um no Hospital Regional de Bebedouro e dois na UTI em Barretos.

    Desde o começo da pandemia, em março, Colina tem 324 casos de COVID, sendo que 12 vieram a óbito.

    A Região DRS V com sede em Barretos, da qual Colina faz parte, apresenta queda no número de novos casos e de mortes. Novos casos caíram 16,8% e mortes 16,7%. A média móvel diária de novos casos é 85 e de óbitos 2,14.

    A taxa de ocupação das enfermaria é de 22,3 e de UTIs 60,5%.

    O governador de São Paulo, João Doria, anuncia nesta sexta-feira, 9, a situação das regiões do Estado em relação ao plano de retomada da economia com a pandemia de coronavírus. Será a primeira revisão do plano desde o mês passado, quando o governador João Doria (PSDB) anunciou que as atualizações seriam feitas uma vez por mês e colocou todas regiões do Estado na fase amarela do plano. Nessa condição, é autorizado comércio e até eventos. Colina e região estão na fase amarela do plano desde agosto

     

  • Nova Lei: Barretos registra o segundo caso de flagrante de maus tratos do Estado - 07/10/2020


    Nesta semana, entrou em vigor a nova Lei dos Maus Tratos contra animais, sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro. Em Barretos, na tarde de sexta (2), a Polícia Ambiental e representante do Lar Temporário Anjos de Quatro Patas, apresentaram uma ocorrência no 1º Distrito Policial, onde o delegado Fernando Galletti, elaborou o flagrante, que foi o primeiro da cidade e o segundo no Estado de São Paulo, tendo como acusado, um homem de 46 anos.

     

  • Pets são abençoados em drive thru no dia de São Francisco de Assis em Ribeirão Preto - 07/10/2020


    Cães, gatos, pássaros e outros pets foram abençoados na manhã deste domingo (4), dia de São Francisco de Assis, santo protetor dos animais, em Ribeirão Preto (SP).

    De carro, em motos e até a pé, moradores participaram do drive thru e levaram os bichos de estimação para receber a benção. Eles foram aspergidos com água benta por religiosos da Paróquia São Francisco de Assis, no bairro Jardim Castelo Branco, zona Leste da cidade.

    Respeitando as regras de distanciamento e a redução de pessoas na igreja por causa da pandemia do novo coronavírus, a paróquia ainda celebrou uma missa para comemorar a data.

     

  • Educadores devem ser segundo grupo a ser vacinado contra a Covid-19, diz governo de SP - 07/10/2020


    O governo de São Paulo anunciou nesta segunda-feira (5) que educadores das redes pública e privada devem ser o segundo grupo a receber a vacina Coronavac contra a Covid-19, desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan.

    Segundo o secretário estadual de Saúde, Jean Gorinchteyn, a previsão é a de que o terceiro grupo a receber as doses seja formado por pessoas com doenças crônicas.

    "Nós entendemos que educadores deverão ser o segundo grupo a ser vacinado. [...] Lógico que os municipais também [além dos funcionários estaduais] serão acolhidos, bem como das redes privadas e, a seguir, portadores de doenças crônicas", afirmou o secretário.

    Ainda de acordo com ele, o primeiro grupo a tomar a vacina vai ser formado profissionais de saúde que estão dentro de ambientes com alta circulação do vírus. A previsão é que isso ocorra a partir de 15 de dezembro.

    "O que nós temos como rito já definido é a vacinação primeiro dos profissionais da área da saúde, uma vez que eles estão muito dentro dos ambientes nos quais a circulação do vírus é extremamente elevada", disse Gorinchteyn.

     

  • Polícia investiga causas de desabamento de prateleiras em supermercado em São Luís - 05/10/2020


    A Polícia Civil está investigando o caso sobre o desabamento de prateleiras que aconteceu na noite da última sexta-feira (2) no supermercado Mix Mateus Atacarejo, situado no bairro Vinhais, em São Luís. De acordo com o Corpo de Bombeiros, uma pessoa morreu e oito ficaram feridas.

    Por meio de nota, a Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP) informou que “o inquérito deve apontar se houve imperícia ou qualquer tipo de negligência que tenha ocasionado o fato”. A Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa disse ainda que equipes do “Instituto de Criminalística (Icrim) estiveram no local na madrugada, onde realizaram os trabalhos iniciais de perícia”.

    Vídeos divulgados nas redes sociais mostraram estruturas metálicas caindo em uma espécie de efeito dominó (veja registros ao final da reportagem). No momento do acidente, havia uma movimentação intensa de pessoas no supermercado.

    A pessoa que morreu foi identificada como Elane de Oliveira Rodrigues, que trabalhava no supermercado. Ela tinha 21 anos e era paraense. O enterro da jovem será na tarde deste domingo (4) em um cemitério da Região Metropolitana de São Luís.

    Seis feridos foram encaminhados a hospitais pelas equipes do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Os outros dois feridos foram socorridos por pessoas no local. Os bombeiros encerraram as buscas na manhã de sábado (3).

     

  • Descobridores do vírus da hepatite C ganham Nobel de Medicina de 2020 - 05/10/2020


    O prêmio Nobel de Medicina e Fisiologia de 2020 foi concedido a Harvey Alter, Michael Houghton e Charles Rice pela descoberta do vírus da hepatite.

    O trabalho que mais tarde levou ao isolamento do vírus começou com Alter na década de 1960, que na época trabalhava nos NIH (Institutos Nacionais de Saúde dos EUA). O pesquisador trabalhou na triagem de pacientes para identificar vítimas do vírus da hepatite B, recém descoberto, e da hepatite A. Apesar de seus esforços, ele demonstrou que uma parte considerável dos pacientes com problemas no fígado pareciam ser vítimas de um patógeno desconhecido.

    Depois, Houghton, que trabalhava na empresa farmacêutica Chiron, conseguiu clonar fragmentos do DNA do vírus da hepatite C a partir do sangue de um chimpanzé infectado. Combinando o material com anticorpos de pacientes humanos infectados, o pesquisador conseguiu identificar que a doença estava ligada a um retrovírus específico.

    Rice, mais tarde, realizou experimentos que provaram que o vírus em questão era efetivamente o causador da doença, caracterizada por uma deterioração crônica do fígado, mais lenta, porém mais persistente que aquela vista nas hepatites de tipo B e C.

     

  • Doze pessoas estão em tratamento da COVID-19 - 05/10/2020


    A Secretaria Municipal da Saúde informou ontem que 12 pessoas estão em tratamento da COVID-19 em Colina, sendo que todas estão em tratamento domiciliar. Casos suspeitos somam 58, sendo que 51 estão em isolamento domiciliar, quatro na enfermaria de Colina, um no hospital regional de Bebedouro e 2 na UTI em Barretos.

    Desde o começo da pandemia Colina tem 313 casos positivos, com 12 óbitos.

    A taxa de ocupação dos leitos de UTI na região está em 61,2%.

     

  • Doria assina contrato para 46 milhões de doses da vacina chinesa e diz que médicos serão vacinados neste ano - 01/10/2020


    O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), assinou nesta quarta-feira (30) um contrato com o laboratório chinês Sinovac para o recebimento de 46 milhões de doses da vacina Coronavac, desenvolvida pela empresa em parceria com o Instituto Butantan. O anúncio da parceria para a produção de uma vacina contra o coronavírus foi feito há mais de três meses, em 11 de junho.

    O acordo foi assinado por Doria e Weining Meng, diretor do laboratório Sinovac, durante coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes. No mesmo evento, o governador anunciou que a vacinação de profissionais de saúde deve ter início em 15 de dezembro.

    "O início da vacinação, previsto até aqui para começar no dia 15 de dezembro, em São Paulo, com os profissionais de saúde: médicos, enfermeiros, paramédicos, aqueles que atuam em hospitais públicos e privados e em todas as unidades de saúde, unidades públicas, municipais, estaduais e do governo do estado de São Paulo", disse Doria.

    A vacina Coronavac ainda está em testes entre profissionais de saúde brasileiros. Até agora, 7 mil voluntários já participaram da pesquisa, segundo o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas. A meta é envolver 13 mil pessoas na pesquisa.

    Em relação ao valor pago pelo estado de SP para a Sinovac, Doria disse que o contrato assinado é de 90 milhões de dólares. Até dezembro, a farmacêutica vai enviar 6 milhões de doses da vacina já prontas, enquanto outras 40 milhões serão envasadas em São Paulo, segundo o governo.

    No entanto, o governador não esclareceu se esse valor é relativo apenas à compra das 46 milhões de doses que devem chegar em 2020, ou se também inclui doses que devem ser entregues apenas em 2021. Doria também não afirmou se o valor de 90 milhões de dólares se soma aos R$ 85 milhões que, em junho, o governo estadual declarou que havia pago pelo acordo.

    Durante o evento de assinatura do acordo, Meng disse que o objetivo é trazer vacina suficiente para todo o país.

    "Trabalhando em conjunto com o Butantan, nossa meta é simples: nós vamos trazer vacina suficiente para o Brasil. O mais importante, nós também vamos trazer vacina acessível para cá, para beneficiar todo mundo nesse país contra a pandemia da Covid-19. Nós realmente esperamos que no futuro com nossa vacina e com outras grandes contribuições possamos fazer com que as pessoas voltem à vida normal", disse Meng.

    Um estudo apresentado pelo governo de São Paulo mostrou que a Coronavac não deu efeito colateral em 94,7% dos voluntários testados na China.

     

  • Empresa abre 1 mil vagas para operadores de contact center e faz feirão 'drive-thru' em Barretos, SP - 01/10/2020


    A Vikstar, empresa de contact center e terceirização de processos de negócios, está com 1 mil vagas abertas para operadores em Barretos (SP).

    Além das inscrições pelo site da companhia, os interessados podem entregar currículos e tirar dúvidas em um feirão de empregos "drive-thru" nesta quinta-feira (1º) no estacionamento do ginásio de esportes João Baptista da Rocha, o Rochão, das 9h às 17h.

    O processo seletivo é voltado a pessoas com mais de 18 anos e com ensino médio completo. Há vagas para pessoas com deficiência e não é necessário ter experiência.

    Os contratados atuarão em sistema home office com vendas e atendimento ao cliente. Além de salário estabelecido de acordo com o piso da categoria, os contratados receberão benefícios, um adicional variável e treinamento remoto.

    As etapas finais da seleção serão presenciais e seguirão os protocolos de prevenção contra a Covid-19. A previsão é de que as funções sejam preenchidas até o primeiro trimestre de 2021.

     

  • 24 pessoas estão em tratamento da COVID-19 - 01/10/2020


    Segundo a Secretaria Municipal da Saúde de Colina 24 pessoas estão em tratamento da COVID-19 na cidade. Vinte três delas estão em tratamento domiciliar e uma na enfermaria da cidade.

    Casos suspeitos são 52, sendo que 45 estão em isolamento domiciliar, um no Hospital Regional de Bebedouro, um na enfermaria de Colina e três na UTI em Barretos.

    Desde o começo da pandemia Colina tem 311 casos confirmados de COVID, sendo 12 mortes.

     

Primeira<<Anterior( 1 )[ 2 ]Proxima>>Última