OUÇA 105,9 AO VIVO
 

Notícias

  • Governo de SP acabará com restrições de horários a partir de 17 de agosto - 30/07/2021


    O governo do estado de São Paulo anunciou nesta quarta-feira (28) flexibilizações nas regras do Plano SP, que que permite o retorno gradual e seguro das atividades a partir do monitoramento dos índices da Covid-19.

    De acordo com o novo anúncio, feito em coletiva de imprensa, governo de SP acabará com restrições de horários a partir de 17 de agosto. Atualmente, todo o estado encontra-se na fase de transição do Plano SP – esta etapa teve início em 9 de julho e se encerra neste sábado (31). Entre os dias 1º e 16 de agosto, comércio e demais atividades econômicas poderão funcionar com 80% da capacidade.

    A flexibilização acontece após o avanço da vacinação contra Covid-19 no estado e queda no número de internações. Até esta terça-feira (27), a taxa de ocupação dos leitos de Covid-19 era de 54% no estado e de 49,6% na Grande São Paulo.

    Até 31 de julho: Fase de Transição - Pelo regime atual fica permitido o funcionamento de atividades comerciais presenciais, restaurantes e similares, academias de ginástica, atividades culturais e salões de beleza das 6h às 23h; além das atividades religiosas coletivas.

    Nesta fase, recomenda-se ainda a ocupação de até 60% da capacidade do estabelecimento, e o escalonamento de entrada e saída de atividades do comércio, indústria e serviços, visando diminuir a aglomeração em horários de pico nos transportes públicos.

    De 1º a 16 de agosto: 80% da capacidade e fim de toque de recolher - Segundo os anúncios desta quarta-feira (28), o governo do estado amplia o horário de funcionamento e a taxa de ocupação das atividades econômicas a partir de 1º de agosto, próximo domingo.

    Atualmente, o horário limite para funcionamento é até às 23h – a partir deste domingo passa a ser estendido até meia-noite. Taxa de ocupação destes locais sobre de 60% para 80%. Estas medidas serão válidas até 16 de agosto.

    O acesso de clientes a shoppings, galerias, lojas de rua, bares e restaurantes deverá ser interrompido às 23h, com atendimento permitido até meia-noite. Todas as atividades econômicas devem obedecer aos protocolos setoriais de segurança sanitária previstos no Plano SP.

    Também não haverá mais toque de restrição durante as noites a partir deste domingo. "Sigo recomendando o uso de máscara, álcool em gel e praticar o distanciamento social. O estado teve uma queda substancial dos índices devidos aos protocolos de saúde", disse João Doria.

    Eventos com aglomerações – casas noturnas, shows de médio e grande porte, competições esportivas com público, etc – continuam proibidos em todo o estado, com possibilidade de reabertura condicionada aos resultados de eventos-modelo sob supervisão das autoridades de saúde e averiguação pelo Centro de Contingência do Coronavírus.

    O governo de SP mantém a recomendação de escalonamento de horários para entrada e saída de trabalhadores dos setores de comércio, serviços e indústrias. Também seguem liberadas as celebrações individuais e coletivas em igrejas, templos e espaços religiosos, condicionadas ao cumprimento de protocolos de higiene e distanciamento social.

    A partir de 17 de agosto: Retomada segura - Somente após todos os adultos vacinados com a primeira dose das vacinas contra Covid-19, o estado de São Paulo encerrará os limites de horários das atividades econômicas.  O governo classificou essa fase do Plano SP como "retomada segura".

    De acordo com as previsões do governo, não haverá mais estas restrições a partir do dia 17 de agosto.

    A expectativa do governo é eliminar todas as restrições de horário e liberar atendimento presencial com capacidade de 100%, mas mantendo as regras para máscaras, distanciamento e protocolos de higiene em vigor no estado.

    Na retomada segura, as regras gerais e setoriais de segurança sanitária continuarão as mesmas da fase de transição e válidas para os 645 municípios. As prefeituras deverão manter a autonomia para determinar rigidez de restrições se as circunstâncias locais da pandemia e capacidade hospitalar tiverem piora.

    Os anúncios desta quarta-feira acontecem após reduções consistentes nas médias diárias de novos casos (-20,6%), internações (-18,3%) e mortes (-9,6%) no estado de São Paulo.

    De acordo com a secretaria da Saúde, a campanha de vacinação em São Paulo já protegeu 75,9% da população adulta com ao menos uma dose de imunizantes contra a Covid-19. O esquema vacinal completo já foi aplicado a 27,2% dos adultos em todo o estado.

     

  • Na volta às aulas, Colina mantém ensino híbrido e retoma atendimento dos berçários da Educação Infantil - 30/07/2021


    A Prefeitura Municipal de Colina, por meio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, confirmou o início do segundo semestre do ano letivo de 2021 no próximo dia 02 de agosto, mantendo o modelo híbrido, com aulas presenciais e online, mas com novidades.

    De acordo com a Responsável pela Secretaria, Prof.ª Elizabete Milani Neme, respeitando e cumprindo todos os protocolos sanitários preconizados pelos órgãos de saúde, será retomado o atendimento integral na Educação Infantil (creches) na etapa berçário (0 a 1 ano e 11 meses) e serão abertas novas matrículas para etapa Maternal, que atende crianças de 2 a 3 anos e 11 meses.

    A partir do próximo dia 2 de agosto, as escolas poderão atender conforme a capacidade física de cada unidade, respeitando um metro de distância entre cada aluno, conforme determinam as normas da Fase de Transição do Plano São Paulo do Governo do Estado. Sendo assim, para as demais etapas de ensino, o Plano de Retomada no município prevê que cada unidade escolar organizará o revezamento dos alunos, de forma a receber cada grupo de alunos no maior número de dias possível a cada semana e no horário regulamentar do curso/etapa de ensino. No entanto, o atendimento presencial continuará sendo opcional, uma decisão que caberá às famílias e responsáveis dos estudantes, que deverão autorizar o retorno do aluno ou comprometer-se com a realização das atividades a distância.

    Todas as atividades remotas ficarão disponíveis na plataforma digital “Escola em Casa”, com opção, para aqueles que não têm acesso à internet, de retirar o material impresso na escola semanalmente.

    “Estamos retomando o ensino presencial de forma gradual e progressiva, conforme defendido e normatizado pelo Governo do Estado. Nosso Plano de Retomada Municipal prevê a adoção de um protocolo rígido quanto às normas sanitárias. Voltaremos a atender presencialmente e integralmente a etapa de berçário, e estamos preparados para atender um número maior de alunos por classe, e oferecer um ambiente seguro para todos. O ensino presencial é essencial. Sabemos que esse período de pandemia trouxe muitas consequências negativas e uma delas, o déficit de aprendizagem dos alunos é o que nos preocupa. Vamos torcer para que as condições se mantenham favoráveis e possamos rapidamente atender nossos alunos de forma 100% presencial”, explicou a Prof.ª Bete Neme.

    Quanto ao transporte escolar será realizado normalmente conforme já vem ocorrendo desde o 1° semestre.

    EJA, CURSOS SUPERIORES E TÉCNICO - A Educação de Jovens e Adultos – EJA permaneceu de forma remota todo o primeiro semestre em razão da maioria dos alunos ser do grupo de risco. A partir de agosto, a Secretaria de Educação também planeja retomar o atendimento presencial pra essa modalidade de ensino.

    O Ensino Técnico da classe descentralizada do Centro Paula Souza na EMEF "Cel. José Venâncio Dias" vai iniciar presencialmente as atividades para a nova turma do Curso de Técnico em Segurança do Trabalho a partir de 02 de agosto.

    Os cursos superiores do polo Colina da UNIRP, na EMEF "Cel. José Venâncio Dias", e do polo Colina de EaD da UNIVESP, na EMEF "Lamounier de Andrade", também retornarão as atividades do 2° semestre a partir de agosto, inclusive com a formação de novas turmas.

    O Prefeito Municipal Dieb Taha destacou que as escolas estão preparadas para receber os alunos de volta às salas de aula. “Todas as Unidades Escolares estão em excelentes condições, reformadas e adequadas”. Além dos protocolos do Plano São Paulo e da Vigilância Sanitária, as unidades recebem, desde o início do ano letivo, orientações sobre higienização frequente de mãos e distanciamento social. Disponibilizamos todo o aparato sanitário necessário para a prevenção do coronavírus, como álcool em gel, termômetros, máscaras, EPI’s, além da limpeza e sanitização dos espaços realizadas várias vezes ao dia. Estamos tomando todas as providências para garantir um ambiente escolar seguro para os alunos e profissionais da educação”.

     

  • Colina tem 82 pessoas em tratamento da COVID-19 - 30/07/2021


    Segundo dados da Secretaria Municipal da Saúde, Colina tem 51 pessoas em tratamento da COVID-19, sendo que 80 estão em tratamento domiciliar e 2 internadas (4 na UTI em Barretos).

    Casos suspeitos são 71 e todos estão em isolamento.

    Desde o começo da pandemia, Colina tem 1891 casos confirmados de COVID-19, com 58 óbitos.

    A taxa de ocupação de leitos de UTI na região está em 66,41%, sendo a menor taxa desde março.

    A Prefeitura Municipal de Colina, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, orienta que o distanciamento social é essencial e solicita que os cuidados preventivos como lavar as mãos, usar álcool em gel, e evitar aglomerações são imprescindíveis e devem ser seguidos por todos.

     

  • Lei municipal obriga agressor de animais a pagar tratamento após maus-tratos em Ribeirão Preto - 28/07/2021


    O prefeito de Ribeirão Preto (SP), Duarte Nogueira (PSDB), sancionou, nesta terça-feira (27), uma lei municipal que obriga o agressor de animais a pagar as despesas do tratamento após os maus-tratos.

    Pela lei, o agressor terá de pagar as despesas de assistência veterinária e os demais gastos decorrentes dos maus-tratos.

    Além disso, há a obrigação de ressarcir a Prefeitura em reação aos custos relativos aos serviços públicos de saúde veterinária.

    Estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) apontam que Ribeirão Preto tenha entre 71 mil e 142 mil cachorros e gatos.

    O texto, no entanto, foi assinado após a publicação do Diário Oficial desta terça e deve aparecer somente na edição de quarta-feira (28).

     

  • Orlando Drummond, intérprete do seu Peru, morre no Rio aos 101 anos - 28/07/2021


    O ator, humorista e dublador Orlando Drummond, de 101 anos, morreu no Rio nesta terça-feira (27). O artista ficou famoso ao interpretar o personagem 'Seu Peru', na Escolinha do Professor Raimundo, e ao dublar personagens icônicos como Scooby Doo. Orlando morreu em casa, de falência múltipla dos órgãos.

    Orlando esteve internado em maio para se tratar de uma infecção urinária no Hospital Quinta D'Dor, na Zona Norte. A família começou o tratamento em casa, mas o quadro se agravou, e o ator chegou a ficar na unidade semi-intensiva. Entretanto, ele recebeu alta em junho.

    Drummond foi um dos primeiros vacinados contra a Covid no Palácio da Cidade em janeiro deste ano. Em fevereiro, o ator recebeu a segunda dose da vacina em casa.

    Ator e dublador, ele deu voz a personagens inesquecíveis ao longo da carreira: Scooby Doo, Alf, “o ETeimoso”, o marinheiro Popeye e o Vingador da “Caverna do Dragão”.

    Ele começou a carreira no rádio, e foi a experiência por lá que moldou sua carreira e deu o tom do trabalho com as vozes.

    À Globonews em 2011, ele explicou o processo de criação das vozes de tantos personagens. “Alf e Popeye, eu me inspirei no original. A do Scooby Doo eu criei, foi um processo muito divertido”, lembrou.

    O artista ganhou o papel do cachorro da turma que desvenda mistérios repetindo um latido que tinha espantado um ladrão.

    Essa e outras histórias constam de “Orlando Drummond, Versão Brasileira”, biografia escrita pelo jornalista Victor Gagliardo e lançada em 2020.

    O autor contou como foi o convite e o processo para o artista viver Seu Peru.

    “O Chico Anysio falou pra Cininha de Paula: ‘Chama o Drummond que ele resolve’. Aí, o Drummond pegou o personagem. Tanto que o personagem já tinha um bordão que o próprio Chico criou que era o ‘estou porraqui’. E aí, o Drummond pegou o personagem para si, como se fosse dele mesmo, e criou tantos outros bordões. Como: ‘Peru com mel, de Vila Isabel’, ‘te dou o maiorrapoio’”, contou Victor.

    O amor da vida de Orlando Drummond, Glória, de 86 anos, mereceu um capítulo especial do livro.

    “Muito amor, muita compreensão... Ele sempre foi uma pessoa calma, carinhosa, não tinha motivos para ter uma vida ruim”, detalhou Glória Drummond.

    A parceria do casal já dura 69 anos. São dois filhos, cinco netos, dois bisnetos e histórias engraçadas.

    A lua de mel, em 1951, foi na Ilha de Paquetá, e o pai da noiva exigiu que o irmão dela fosse junto com o casal, mas nada que atrapalhasse.

    Consagrado como dublador, Orlando Drummond passou a ter o rosto mais conhecido do público através de Seu Peru. “Antes eu era do rádio e da televisão, mas eu não tinha cara. A minha cara era a dos personagens, como o Scooby Doo, o Popeye, o Alf. Quando eu passei a fazer o Seu Peru, as pessoas começaram a falar: ‘É o Seu Peru que faz o Scooby Doo, o Popeye’ e outros tantos personagens que enumerá-los é até difícil.”

    Drummond foi homenageado pelos atores da nova versão da “Escolinha” há dois anos e causou comoção no set de filmagens. Atual intérprete do Seu Peru, Marcos Caruso não segurou a emoção.

    “A ideia era homenagearmos quem fez primeiro, e acabou que nós é que fomos homenageados. Ele demonstra que o talento e a obstinação pela profissão não têm idade”, afirmou Caruso.

     

  • Prefeitura inicia vacinação para pessoas com 29 anos - 28/07/2021


    A Prefeitura Municipal de Colina, por meio da Secretaria de Saúde, abre nesta quarta-feira, 28 de julho, a vacinação contra a Covid-19 para o público de 29 anos. A vacina estará disponível no Ginásio Municipal de Esportes, posto exclusivo de vacinação, das 8 às 16h30m. Vacina salva vidas! Compareça e não esqueça os documentos pessoais!

  • Frio intenso chega ao Brasil na quarta; sensação térmica pode chegar a -25°C na Serra Gaúcha - 27/07/2021


    A última semana do mês de julho será marcada pela onda de frio mais intensa e duradoura do inverno. A massa de ar frio polar que chegará ao país a partir desta quarta (28) irá baixar as temperaturas no Sul, Sudeste, Centro-Oeste e até mesmo na região Norte do país. Na serra gaúcha, a sensação térmica poderá chegar a -25°C.

    Segundo o Instituto Nacional de Metereologia (Inmet), a previsão de frio irá se prolongar entre os dias 28 de julho e 1° de agosto, provocando declínios de temperaturas entre 6ºC e 4ºC, especialmente nas áreas de maior altitude.

    Um novo recorde de frio poderá ser registrado na serra catarinense. Segundo a Climatempo, a temperatura na região será de -8°C e -10°C.

    Devido a ação dos ventos, a sensação térmica será de muito mais frio. Em áreas altas de serra, especialmente entre os estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, a sensação de frio pode chegar a -25ºC.

    No Sudeste, as menores temperaturas estão previstas para quinta (29) e sexta-feira (30). Na serra da Mantiqueira, divisa entre São Paulo e Minas Gerais, as temperaturas mínimas devem ficar entre -2°C e -5°C e a máxima abaixo dos 15°C.

    Na quinta (29), segundo o Inmet, há previsão de geada em quase toda a Região Sul, sul do Mato Grosso do Sul e sudeste de São Paulo (com intensidade variando de moderada a forte). Na sexta (300, também poderá ocorrer geada no sul de Goiás.

     

  • Fatecs de Barretos e Bebedouro, SP, terão cursos voltados à saúde e ao agronegócio - 27/07/2021


    As faculdades de tecnologia (Fatecs) de Barretos (SP) e Bebedouro (SP) terão cursos voltados às áreas de saúde e agronegócio. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (26) durante visita do vice-governador Rodrigo Garcia (PSDB) à região.

    Em parceria com o Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital de Amor, referência nacional e mundial no tratamento de câncer, a Fatec em Barretos está autorizada a receber 40 alunos para iniciar o curso superior de gestão hospitalar. As atividades serão iniciadas na segunda-feira (2)

    O acordo prevê que o hospital forneça as instalações. Por outro lado, o governo estadual é responsável pela elaboração do projeto pedagógico, processos seletivos e contratações de professores.

    Já em Bebedouro, o prédio da Fatec vai abrigar o curso superior de tecnologia em Big Data no Agronegócio. No mesmo local, os alunos da Escola Técnica Estadual (Etec) poderão cursar agronegócio.

    Assim como em Barretos, o projeto pedagógico, o acompanhamento de processos seletivos e a contratação de professores são de responsabilidade do estado. Haverá transporte coletivo aos alunos.

    O prédio foi construído e equipado pela Fundação Coopercitrus Credicitrus em parceria com o Centro Paula Souza.

    Durante a visita, o vice-governador também autorizou investimentos em habitação, saúde, infraestrutura urbana e estradas paras duas cidades.

    Para Barretos, o governo paulista prometeu R$ 1 milhão para obras, R$ 500 mil para revitalização de uma praça, R$ 740 para a construção de uma unidade da Casa da Juventude e R$ 2 milhões para a instalação de um “postão” da saúde.

    Ainda de acordo com o estado, a Estrada Vicinal Pedro Vicentini, que liga a Estrada do Aeroporto à Rodovia Brigadeiro Faria Lima (SP-326) receberá investimentos de R$ 1,8 milhão via Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) com promessa de recuperação viária.

    Bebedouro, segundo o vice-governador, vai ter R$ 1,5 milhão para obras de infraestrutura urbana e também vai ganhar uma unidade da Casa da Juventude. O investimento é de R$ 740 mil.

    Na Rodovia Armando de Salles Oliveira (SP-322), o estado prometeu a instalação de um retorno no quilômetro 399, com orçamento previsto para a casa dos R$ 3,6 milhões.

    Nesta segunda-feira também foi autorizado o início das obras de urbanização de 232 lotes da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) (CDHU) em Guaíra, com custo de R$ 3,3 milhões.

    Para a área rural, foi liberada a implantação do programa Rotas Rurais em Barretos e Bebedouro. O projeto cria uma espécie de “CEP Digital” para as propriedades. O objetivo é facilitar a localização e o mapeamento das estradas.

    As duas cidades também receberam drones para que análises, acompanhamento e monitoramento de áreas objetos de restauração florestal sejam feitos.

     

  • Colina tem 51 pessoas em tratamento da COVID-19 - 27/07/2021


    Segundo dados da Secretaria Municipal da Saúde, Colina tem 51 pessoas em tratamento da COVID-19, sendo que 44 estão em tratamento domiciliar e 7 internadas (2 na enfermaria, 5 na UTI em Barretos).

    Casos suspeitos são 85 e todos estão em isolamento.

    Desde o começo da pandemia, Colina tem 1855 casos confirmados de COVID-19, com 55 óbitos.

    Nos últimos sete dias, a região da DRS V, sediada em Barretos e da qual Colina faz parte, apresentou uma queda de 10,7% no número de novos caso e de 27,3% no de mortes.

    A taxa de ocupação de leitos de UTI na região está em 69,6%, sendo a menor taxa desde março.

    A Prefeitura Municipal de Colina, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, orienta que o distanciamento social é essencial e solicita que os cuidados preventivos como lavar as mãos, usar álcool em gel, e evitar aglomerações são imprescindíveis e devem ser seguidos por todos.

     

  • Dez cidades da região não registraram mortes por covid na última semana - 22/07/2021


    O governo de São Paulo anunciou nesta quarta-feira (21), que o Estado de São Paulo identificou 288 municípios sem novas mortes por covid-19 registradas na última semana. A informação e do Jornal de Barretos.

    Na região abrangida pelo DRS/5 (Departamento Regional de Saúde) de Barretos, 10 das 18 cidades estão nesta situação. Cajobi, Colina, Colômbia, Monte Azul Paulista, Taiaçu, Taiúva e Terra Roxa já aplicaram pelo menos a primeira dose das vacinas em mais de 50 % da população, destacando Taiúva, que vacinou 60,5% dos seus moradores. Na lista ainda estão Guaraci, Severínia e Taiúva, cujas taxas de cobertura é de pouco mais de 42%.